domingo, 18 de setembro de 2011

Jesus está Voltando? Será?




Faz mais de 2000 anos que estamos escutando esta mesma ladainha.
A pergunta não é se Jesus está voltando , mas a pergunta é :

Porque ele foi embora? O que foi fazer no céu? Tirar férias? Será que tem coisas mais importantes para fazer lá "em cima" do que ficar aqui para cuidar da humanidade?

Porque ele é tão omisso com relação a crianças morrendo de fome na Somália? Que merda de afazer que ele tem lá no céu , que é mais importante do que estar aqui e cuidar da humanidade.

Esta é uma pergunta muito inteligente não acha? O que o filho de deus está fazendo agora lá no céu? Está no banheiro? Está doente? Está se masturbando? Vendo tv? Navegando na internet celestial?

Será que esta estória de volta de Jesus não passa de uma balela?

Pesquisando sobre o assunto , achei um artigo muito revelador sobre este tema , acompanhe:

"

. JESUS ESTABELECE O PRAZO PARA SUA VOLTA:

Mateus 24:34 — “Em verdade vos digo que NÃO PASSARÁ esta GERAÇÃO sem que TODAS essas coisas se cumpram.” (Também em Marcos 13:30 e Lucas 21:32)

Mateus 24:34 — 
“Eu afirmo a vocês que isto é verdade: essas coisas vão acontecer ANTES DE MORREREM TODOS OS QUE AGORA ESTÃO VIVOS.”

Isto mostra que a palavra “geração” na passagem tem seu sentido usual, que naturalmente ocorre ao leitor em uma primeira leitura do texto: o conjunto das pessoas cujos tempos de vida de sobrepõem em uma determinada época, confirmando o prazo de meados do século II para a volta de Jesus

Mateus 10:23 — 
“Quando pois vos perseguirem nesta cidade, fugi para outra; porque em verdade vos digo que NÃO ACABAREIS DE PERCORRER AS CIDADES DE ISRAEL SEM QUE VENHA O FILHO DO HOMEM.”

Embora esta passagem não cite o prazo de uma geração, é perfeitamente condizente com ela. UMA GERAÇÃO seria tempo suficiente para que a “boa nova” de Jesus fosse anunciada em MENOS DA TOTALIDADE das cidades de Israel. É até inconcebível que TODAS as cidades de Israel já não tenham ATÉ HOJE sido visitadas por cristãos pregando o evangelho!

2. O PRAZO É CONFIRMADO:

Mateus 16:27–28 — 
“Porque o Filho do homem há de VIR NA GLÓRIA de seu Pai, com os seus anjos; E ENTÃO RETRIBUIRÁ a cada um segundo as suas obras. Em verdade vos digo, alguns DOS QUE AQUI ESTÃO NÃO PROVARÃO A MORTE ATÉ QUE VEJAM VIR O FILHO DO HOMEM no seu REINO.” (Também em Marcos 8:38–9:1 e Lucas 9:26–27)

3. TAMBÉM CAIFÁS DEVERIA PRESENCIAR A VINDA DE JESUS:

Mateus 26:64 — 
Repondeu-lhe Jesus: “É como disseste; contudo vos digo que VEREIS EM BREVE o Filho do homem assentado à direita do Poder, e VINDO SOBRE AS NUVENS do céu.” (Também em Marcos 14:62)

Nada disso aconteceu. Aconteceu?

4. PRIMEIROS CRISTÃOS ACREDITAVAM QUE PRESENCIARIAM O ADVENTO:

1 Coríntios 15:51–52 —
 “Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, NEM TODOS DORMIREMOS, MAS TODOS SEREMOS TRANSFORMADOS, num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e OS MORTOS RESSUSCITARÃO incorruptíveis, e nós seremos transformados.”

Paulo se inclui entre os que irão testemunhar a vinda de Jesus. Note o seu uso do pronome “nós”:

1 Tessalonicenses 4:14–15 — 
Dizemo-vos, pois, isto pela palavra do Senhor: que NÓS, OS QUE FICARMOS VIVOS para a vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que já dormem. [...]

5. OS ROMANOS QUE MATARAM JESUS PRESENCIARIAM SUA VOLTA:

Apocalipse 1:7 —
 Eis que vem com as nuvens, e TODO O OLHO O VERÁ, ATÉ OS MESMOS QUE O TRASPASSARAM; [...]

6. PRIMEIROS CRISTÃOS ACREDITAVAM QUE JÁ VIVIAM OS “ULTIMOS TEMPOS”:

1 Coríntios 10:11 —
 Ora, tudo isto lhes sobreveio como figuras, e estão escritas para aviso NOSSO, PARA QUEM JÁ SÃO CHEGADOS OS FINS DOS SÉCULOS.

Hebreus 9:26 —
 [...] MAS AGORA NA CONSUMAÇÃO DOS SÉCULOS uma vez se manifestou, para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo.

Hebreus 10:25 —
 Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto VEDES QUE SE VAI APROXIMANDO AQUELE DIA.

Atos 02:15–17 — 
Estes homens não estão embriagados, como vós pensais, sendo a terceira hora do dia. Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel: E NOS ÚLTIMOS DIAS acontecerá, diz Deus, Que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne; E os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, Os vossos jovens terão visões, E os vossos velhos terão sonhos.

2 Pedro 3:3–4 — [...] NOS ÚLTIMOS DIAS virão escarnecedores com zombaria andando segundo as suas próprias concupiscências, e dizendo: “Onde está a promessa da sua vinda? Porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação.”

7. OUTRAS DECLARAÇÕES QUE MOSTRAM A IMINÊNCIA DA VOLTA DE JESUS:

João 5:25 — 
“Vem a hora, E AGORA É, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus.”

Romanos 16:20 —
 E o Deus de paz esmagará EM BREVE Satanás debaixo dos vossos pés.

Paulo até mesmo sugeriu que não se fizessem planos para o futuro:

1 Coríntios 7:29–31 —
 Isto, porém, vos digo, irmãos, que O TEMPO SE ABREVIA; pelo que, doravante, os que têm mulher sejam como se não a tivessem; os que choram, como se não chorassem; os que folgam, como se não folgassem; os que compram, como se não possuíssem; e os que usam deste mundo, como se dele não usassem em absoluto, porque a aparência deste mundo passa.

Hebreus 10:37 — 
Pois ainda em BEM POUCO TEMPO, aquele que há de vir, virá, e NÃO TARDARÁ.

Tiago 5:7–8 —
 Portanto, irmãos, sede pacientes até a vinda do Senhor. Eis que o lavrador espera o precioso fruto da terra, aguardando-o com paciência, até que receba as primeiras e as últimas chuvas. Sede vós também pacientes; fortalecei os vossos corações, porque A VINDA DO SENHOR ESTÁ PRÓXIMA.

1 Pedro 4:7 — 
Mas já ESTÁ PRÓXIMO O FIM DE TODAS AS COISAS, por tanto sede sóbrios e vigiai em oração

O Apocalipse, por ser justamente uma profecia simbólica da volta triunfante de Jesus, abunda em avisos sobre sua iminência.

Apocalipse 1:1 — 
Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que BREVEMENTE devem acontecer;
Apocalipse 1:3 —
 Bem-aventurado aquele que lê e bem-aventurados os que ouvem as palavras desta profecia e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o TEMPO ESTÁ PRÓXIMO.
Apocalipse 3:11 —
 “Venho SEM DEMORA“.
Apocalipse 22:12 —
 “Eis que CEDO venho”.
Apocalipse 22:20 — 
Aquele que testifica essas coisas diz: “Certamente CEDO venho.”
Apocalipse 27:7 —
 “Eis que CEDO venho”.

Como podemos perceber, o texto realmente quis dar a entender que O SEU RETORNO ERA IMINENTE E ACONTECERIA AINDA NO TEMPO DE VIDA DE ALGUNS DOS SEUS DISCÍPULOS. Isso aconteceu? 
"

Fonte : http://ateusafinalquantossomos.blogspot.com/


Não tenho muitas respostas , mas perguntas eu tenho um monte , você se arrisca?

Mais perguntas AQUI.

7 comentários:

  1. (voltei)

    Cristiano, tome cuidado com as fontes de onde você tira alguns artigos. Aparentemente este cara é um leigo em Bíblia, e por isso disse muita besteira. Vou esclarecer algumas coisinhas:

    Primeiro foi colocado o texto de Mt 24.34 em duas traduções diferentes, sendo que a segunda (a Nova Tradução na Linguagem de Hoje, ou NTLH) foi usada para 'provar' o sentido da palavra "geração" que está sendo usada. Mas isso é uma falácia. Não se pode usar uma tradução recente de um texto antigo para provar o que o texto antigo queria dizer. Além disso, a NTLH não é uma tradução que preserva as palavras originais, e sim uma tradução que tenta preservar o significado do texto, usando de paráfrases em termos mais atuais. Para fazer isso, às vezes ela tem que recorrer à interpretações do texto, e não ao texto original, para realizar a tradução. Nisso resulta uma interpretação parcial (que não tem imparcialidade) e com vários erros, muitos deles expostos em vários sites da internet.

    A palavra ali usada realmente é "geração" A "genea", no grego original, de onde vem o nosso protuguês "gene", "genético", "genealogia", pode significar tanto "greação" num sentido pontual, quanto no geral, referindo-se a toda uma linhagem ou um povo. Jesus poderia estar dizendo que o povo judeu não seria destruído nem desapareceria antes que Ele voltasse. É interessante que essa profecia não era tão provável de acontecer assim, os judeus se dispersaram pelo mundo no século I d.C. e sofreram muitas perseguições e extermínios através da história. E no século passado vimos o renascimento do povo judeu, com a criação do Estado de Israel.

    Vale notar também que uma das profecias que Jesus diz em Mt 24 é a destruição de Jerusalém e do Templo, que aconteceu em 70 d.C., quando provavelmente muitos daquela "geração" ainda estavam vivos.

    Sobre Mt 10.23, este texto parece ambíguo e pode ser interpretado de várias formas. As "cidades de israel" pode estar se referindo a todos os povos do mundo (compare com Mt 24.14), já que depois da ressurreição de Jesus a Igreja passou a ser o "Israel espiritual" de Deus.

    Sobre Mt 16.27,28, há um estudo sobre essa possível contradição aqui: http://www.cacp.org.br/estudos/artigo.aspx?lng=PT-BR&article=2059&menu=7&submenu=5

    Sobre Caifás ver a volta de Jesus, não só Caifás, mas todos nós veremos e presenciaremos, como está escrito em Apocalipse: "todo o olho O verá" (Ap 1.7, o próprio autor citou o texto). O termo usado por Jesus, "em breve", é muito relativo. O padrão temporal de Deus não é o mesmo que o nosso.

    Sobre os primeiros cristãos acreditarem que estavam nos últimos tempos, há algumas considerações a fazer: primeiro, realmente eles estavam e também nós estamos. A Bíblia chama de "últimos dias" o período entre a Ascensão e a volta de Jesus. Isso pode durar anos, séculos ou milênios, mas continua sendo o último período geral da hstória da humanidade. Segundo, talvez Jesus quisesse que vivêssemos sempre como se a vinda dEle fosse iminente. Isso teoricamente faz os cristãos serem menos apegados às coisas materiais, e estarem mais vgilantes quanto os seus deveres como cristãos.

    Sobre o Apocalipse, mais uma vez o termo "breve" é relativo.

    Por último, a própria Bíblia nos adverte que há certos sinais a serem cumpridos antes que a volta dele ocorresse: o evangelho deveria ser pregado a todos os povos da Terra (Mt 24.14), o que deve estar perto de acontecer, a apostasia e a secularização deveriam dominar sobre o mundo (2 Ts 1-12), está acontecendo recentemente e o Anticristo ser revelado (mesmo texto anterior), o que ainda não aconteceu.

    Se você quisesse ser mais imparcial, o que se esperaria de um agnóstico, poderia incluir alguns dos meus argumentos no seu texto também. Os leitores devem tirar suas próprias conclusões.

    Abraços, Paz de Cristo.

    ResponderExcluir
  2. Olá amigo religião.

    Então para que serve as bíblias que existem hoje?
    Sendo que dependendo da versão a coisa pode tomar outro rumo e outra INTERPRETAÇÃO???

    Eu comento mais sobre esta baboseira de INTERPRETAÇÃO BÍBLICA no artigo do seguinte link

    http://arazaodecrer.blogspot.com/2011/10/comentarios-e-debates-sobre-religiao_17.html

    Sim porque para mim , esse negócio de "interpretação" bíblica é simplesmente ridículo , pois um livro que é considerado a palavra de um deus , uma mensagem importante e urgente para humanidade precisa passar por um processo de INTERPRETAÇÃO???????????????????????????????????

    Amigo ... você acha mesmo que a bíblia é a palavra de deus???

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Eu mereço... bem, vamos lá:

    Não existem "Bíblias", a Bíblia é uma só. Existem diferentes traduções, mas o livro é o mesmo. Para qualquer livro, existem duas maneiras principais de traduzir: uma é mantendo ao máximo a correspondência exata das palavras, mesmo que isso gere expressões sem sentido na outra língua, e a outra é manter ao máximo o sentido que o autor queria dar às palavras, mesmo não usando as mesmas palavras que ele usou. Claro que se pode traduzir também utilizando um equilíbrio entre as duas abordagens.

    Como a Bíblia foi escrita em línguas muito antigas, uma tradução totalmente literal, embora seja recomendável, é muito difícil de ser lida. Por isso existem as traduções parafraseadas, que são mais acessíveis a leitores que são menos cultos (Bíblia na Linguagem de Hoje, Nova versão Internacional, etc.). Essas traduções possuem esta vantagem, mas também têm o problema de as expressões parafraseadas dependerem da interpretação do tradutor. Isto pode gerar alguns erros. Assim, nenhuma tradução é perfeita. Para se fazer um estudo sério da Bíblia, recorre-se a várias traduões disponíveis e às vezes até mesmo aos originais gregos/hebraicos. Para apenas uma leitura diária com o objetivo de procurar conselhos, as traduções mais atuais são quase sempre suficientes.

    É, eu conheço a sua opinião sobre interpretação bíblica, já tinha lido em outro post, eu acho. Mas veja bem, você está pedindo demais, aomeu ver. Todo documento escrito precisa de interpretação. Tudo no mundo precisa de intrpretação. Somos seres subjetivos. Por mais claro que esteja escrito ou desenhado algo, sempre vemos as coisas de maneiras diferentes. Por que seria diferente com a Bíblia? Por isso ao lermos a Bíblia, usamos a nossa inteligência, mas ao mesmo tempo usamos do discernimento do Espírito Santo, para que não nos deixemos levar demais por nossas subjetividades.

    Deus quer que usemos nossa inteligência e nossa razão, porque Ele mesmo nos a deu, mas Ele também quer que deixemos de ser orgulhosos por pensar que somos totalmente capaz de entender tudo usando simplesmente a nossa razão. Com a Bíblia podemos ter um equilíbrio entre estas duas características.

    E eu tenho fé sim que a Bíblia não é, mas CONTÉM a Palavra de Deus.

    Vou ler o outro post.

    Abraços, Paz de Cristo.

    ResponderExcluir
  4. Amigo religião

    Me diga uma coisinha , o que é H2O aqui no Brasil?

    Agora me responda outra por favor ...

    O que é H2O lá na Índia?

    O que é ELETRICIDADE aqui no Brasil?

    O que é ELETRICIDADE lá no Japão?

    Engraçado que não existem dúvidas a respeito do que sejam água e eletricidade em qualquer parte deste planeta.

    Agora com respeito a "mensagem divina" inspirada pelo sábio deus todo poderoso?

    Meu amigo , sinceramente , a bíblia poderia ser considerada inspirada divinamente a digamos uns 500 anos atrás , mas hoje?

    As inúmeras CONTRADIÇÕES da bíblia , antes da era da informática , até passava batido , mas hoje , sinceramente né.

    Você acredita que a bíblia foi inspirada por deus?

    Os evangelhos não entram em acordo nem mesmo sobre a cor da túnica de Jesus , pelo amor do guarda.


    Isso ... lê outro post que este aqui já deu o que tinha que dar rsrsrs.

    ResponderExcluir
  5. "Engraçado que não existem dúvidas a respeito do que sejam água e eletricidade em qualquer parte deste planeta. Agora com respeito a "mensagem divina" inspirada pelo sábio deus todo poderoso?"

    A comparação é falaciosa. Água é uma substância física e eletricidade é um fenômeno físico. Deus e a sua mensagem são espirituais, não são alcançados prioritariamente pelos nossos sentidos, mas por outros meios. Portanto é uma falácia de comparação indevida.

    "Meu amigo , sinceramente , a bíblia poderia ser considerada inspirada divinamente a digamos uns 500 anos atrás , mas hoje? As inúmeras CONTRADIÇÕES da bíblia , antes da era da informática , até passava batido , mas hoje , sinceramente né."

    Inúmeras contradições? Ah, faça-me um favor... primeiro, as pessoas que acham contradições na Bíblia procuram jé querendo encontrar alguma coisa... além disso estudam muito superficialmente. E em terceiro lugar, existem alguns poucos "erros" de tradução ou de copista, uma ou outra imprecisão histórica, mas isto é irrelevante pois o que interessa é a mensagem espiritual da Bíblia, sobre tal mensagem não tenho encontrado contradições nesses 20 anos de estudo. Existem blogs que escrevem só sobre isso, por exemplo: http://descontradizendocontradicoes@blogspot.com

    "Os evangelhos não entram em acordo nem mesmo sobre a cor da túnica de Jesus , pelo amor do guarda."

    Acho que os Evangelhos não mencionam a cor da túnica de Jesus... mas eu entendi o que você quis dizer. A maioria das diferenças que existem nos evangelhos são em relação ao ponto de vista de quem contava a história, querendo enfatizar uma ou outra característica de Jesus. Cada evangelho foi feito pra um público-alvo diferente (Mateus para os judeus, Lucas para os gregos, Marcos para os romanos, João para os efésios).


    "Você acredita que a bíblia foi inspirada por Deus?"

    Sim. Algum problema?

    "lê outro post que este aqui já deu o que tinha que dar rsrsrs."

    Já li e já respondi lá também. Eu sinto que suas críticas não são de alguém que estuda de forma crítica e imparcial o cristianismo, mas de alguém que foi "traumatizado" pelo mesmo, por isso há muito apelo emocional nas suas falas... isso faz eu não dar tanto crédito assim pra o que você diz, por isso eu tento responder mostrando que as coisas não são tão assim quanto estão na sua mente.

    Abraços, Paz de Cristo.

    ResponderExcluir