terça-feira, 16 de outubro de 2012

O livro Incompleto Bíblia Sagrada.

Como pode um livro ser INSPIRADO POR DEUS e estar com partes faltando??? Ou seria sobrando???

Sinceramente , hoje eu não vejo sentido em os cristãos chamarem a bíblia de "palavra de Deus".

Não percebem que atribuindo este pomposo adjetivo ao livro estão automaticamente chamando Deus , caso ele exista , de idiota , pois várias são as passagens que evidenciam que a bíblia é fruto pura e simplesmente da mente humana , ou seja , na melhor das hipóteses podemos dizer que a bíblia é um conjunto de anotações daquilo que era as OPINIÕES particulares das pessoas a respeito de uma suposta divindade.

Um deus que não é capaz de inspirar a formação correta do canôn bíblico não pode ser chamado de deus.

Neste post farei algumas anotações de passagens que claramente sugerem que a bíblia que temos em mãos atualmente não foi inspirada por deus algum , pois várias são as citações no novo testamento de partes de textos que deveriam estar no antigo e também no próprio novo testamento , mas ... "milagrosamente não estão":

Judas diz "Enoque, o sétimo depois de Adão", profetizou que viria "o Senhor com milhares de seus santos, para fazer juízo contra todos. " Mas esta profecia é do Livro de Enoque, não da Bíblia. [Jd 1:14-15]

Em um dos momentos que Paulo cita Jesus, ele atribui a Jesus palavras que não são encontradas nos evangelhos. [At 20:35]


http://2.bp.blogspot.com/_C06Vh1Lqh6Q/S41sbY4hWqI/AAAAAAAAAL8/OKKlL-NlYfQ/S1600-R/iurd+banner.jpg

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

FALSAS PROFECIAS, PROMESSAS QUEBRADAS E CITAÇÕES ERRÔNEAS DA BÍBLIA




FALSAS PROFECIAS, PROMESSAS QUEBRADAS E CITAÇÕES ERRÔNEAS DA BÍBLIA

Deus diz que se Adão comer da árvore da ciência do bem e do mal, ele morrerá. Mas tarde Adão come da fruta proibida [Gn 3:6] e vive durante 930 anos [Gn 5:5]. [Gn 2:17]

Como castigo pela morte de Abel, Deus diz que Caim será "fugitivo e errante." Um pouco mais a frente, nos versos [Gn 4:16 ] Caim se estabelece, se casa, tem um fil
ho e constrói uma cidade. Isto não é atitude que se esperaria de um fugitivo e errante. [Gn 4:12]



Deus promete para Abrão e todos os seus descendentes a terra de Canaã. Mas a história e a Bíblia [At 7:5] e [Hb 11:13] mostra que a promessa de Deus para Abrão não foi cumprida. [Gn 13:15], [Gn 15:18], [Gn 17:8], [Gn 28:13-14]
Quanto tempo durou o cativeiro no Egito? Este verso diz 400 anos, mas em [Ex 12:40] e [Gl 3:17] dizem 430 anos. [Gn 15:13]



"E a quarta geração (dos descendentes de Abraão) tornará para cá." Mas, se nós contamos desde Abraão, então o retorno deles aconteceu depois de sete gerações: Abraão, Isaque [Gn 21:1-3], Jacó [Gn 25:19-26], Levi [Gn 35:22-23], Coate [Ex 6:16], Anrão [Ex 6:18] e Moisés [Ex 6:20]. [Gn 15:16]



Deus promete para os descendentes de Abrão as terras desde o Nilo até o Eufrates. Mas de acordo com [At 7:5] e [Hb 11:13] a promessa de Deus para Abrão não foi cumprida. [Gn 15:18]
Deus promete fazer os descendentes de Isaque tão numerosos quanto "as estrelas dos céus" que, claro, nunca aconteceu. Os judeus sempre foram uma pequena minoria. [Gn 26:4]
Deus renomeia Jacó duas vezes [Gn 32:28] e [Gn 35:10]. Deus diz que Jacó será chamado de Israel daqui em diante, mas a Bíblia continua chamando-o de Jacó [Gn 47:28-29]. E o próprio Deus o chama de Jacó em [Gn 46:2]. [Gn 32:28], [Gn 35:10]
Deus chama Jacó de Jacó, embora ele tenha dito [Gn 32:28] e [Gn 35:10] que seu nome não seria mais Jacó, e sim Israel. [Gn 46:2]
Deus promete devolver Jacó ao Egito, mas Jacó já estava no Egito. [Gn 47:28-29], [Gn 46:3]
A tribo de Judá reinará "até que venha Siló", mas o primeiro rei de Israel (Saul) era da tribo de Benjamim [At 13:21], e a maior parte do tempo depois desta profecia não houve nenhum rei. [Gn 49:10]
Ao contrário do que diz a profecia em [Gn 48:21], José morreu no Egito, não em Israel. [Gn 50:24]
Deus promete expulsar muitas nações, inclusive os cananeus e os jebuseus. Mas ele não pôde cumprir a promessa. [Ex 33:2]
Neste verso diz que Deus escreverá nas tábuas de pedra, mas em [Ex 34:27] ele diz para Moisés escrever. [Ex 34:1]
Deus promete expulsar sete nações, inclusive os amorreus, cananeus e os jebuseus. Mas ele não pôde cumprir a promessa. [Dt 7:1]
Aqueles que agem como Deus quer nunca serão estéreis (nem as vacas deles!) e nunca adoecerão. [Dt 7:14-15]
Deus diz que os israelitas destruirão todas as pessoas que encontrarem. Mas de acordo com [Js 15:63], [Js 16:10], [Js 1:12-13], [Jz 1:21], [Jz 1:27-36], [Jz 3:1-5] havia algumas pessoas que eles não puderam matar. [Dt 7:24]
Os profetas e sonhadores serão executados se eles disserem ou sonharem coisas erradas. [Dt 13:1-5]
Falsos profetas serão (adivinhe) executados. Como você sabe quem é um falso profeta? Se suas predições se tornam realidade ou não. (Mostre isto para um Evangélico!) [Dt 18:20]
Deus promete que "destruirá estas nações diante de ti." Mas ele não manteve a promessa. Veja em [Js 15:63], [Js 16:10], [Js 17:12-13], [Jz 1:21], [Jz 1:27-36], [Jz 3:1-5]. [Dt 31:3-6]
Deus promete dar para Josué "todo lugar que pisar a planta do vosso pé." Ele diz que nenhuma pessoa poderá resistir a ele. Mas eu acho que Deus não manteve a sua promessa, já que muitas tribos resistiram a tentativa de Josué de roubar-lhes a terra. [Js 1:3-5]



Josué fala aos israelitas que Deus "lançará de diante de vós" os cananeus e os jebuseus. Mas tarde, a Bíblia nos diz que ele não pôde " lançá-los" para lugar nenhum. [Js 3:10]
Este verso diz que Ai nunca foi ocupada novamente depois de destruída por Josué. Mas Neemias [Ne 7:32] cita Ai entre as cidades de Israel no cativeiro babilônico. [Js 8:28]
Deus prometeu aos israelitas que expulsaria todos os habitantes das terras por onde eles passaram. Mas este verso mostra que ele não manteve a promessa já que ele não pôde expulsar os jebuseus. [Js 15:63]
"E não expeliram os cananeus." Uma vez mais Deus falha em sua promessa de destruir todas as pessoas que os israelitas encontraram. [Js 16:10]
Os israelitas, ao contrário da promessa de Deus, não conseguiram expulsar os cananeus. [Js 17:12-13]
Josué conta para Manassés que ele poderá expulsar os cananeus, mas ele (veja em [Jz 1:27-28]) não pôde fazer isto. [Js 17:17-18]



De acordo com estes versos, Deus cumpriu a sua promessa de dar aos israelitas todas as terras que eles encontraram. Mas em vários lugares da Bíblia nos fala que estas promessas não foram mantidas. [Js 21:43-45]
Deus prometeu muitas vezes que ele expulsaria todos os habitantes das terras que eles encontraram. Mas o que mostra estes versos é que Deus não manteve a sua promessa já que ele não pôde expulsar os cananeus. [Jz 1:21], [Jz 1:27-30], [Jz 3:1-5]
Deus diz que o reino de Salomão durará para sempre. E é claro que não aconteceu. O reino foi completamente destruído aproximadamente 400 anos após a morte de Salomão, e nunca foi reconstruído. [II Sm 7:13], [II Sm 7:16]
Deus põe "um espírito da mentira" na boca dos seus profetas. [I Rs 22:22]
Deus promete que Josias terá uma morte calma. Mas a morte de Josias foi qualquer coisa menos calma [II Rs 23:29-30], [II Cr 35:23-24]. [II Rs 22:20]
Em Jeremias [Jr 34:4] Deus conta para Zedequias que ele morrerá em paz e será enterrado com seus pais. Mas em [Jr 52:10-11] diz que ele teve uma morte violenta em uma terra estrangeira. [II Rs 25:7]
Dizer que Salomão foi o rei mais sábio e mais rico que já viveu e viverá, é no mínimo um exagero. Então esta também é uma falsa profecia. [II Cr 1:12]
Deus põe mentiras na boca dos profetas e fala mal das pessoas. [II Cr 18:21-22]
Josias morreu de uma ferida de flecha em batalha, não "em paz" como é prometido em [II Rs 22:20]. [II Cr 35:23]



Citado erroneamente em [Mt 13:35]. [Sl 78:2-3]
"Fiz um concerto com o meu escolhido; jurei ao meu servo Davi: a tua descendência estabelecerei para sempre e edificarei o teu trono de geração em geração. " Mas os reinados após Davi terminaram com Zedequias; não havia nenhum durante o cativeiro babilônico, e não há nenhum hoje. [Sl 89:3-4], [Sl 89:34-37]
Deus disse para Isaías contar a Acaz (o rei de Judá), que não estava interessado em Rezim (o rei de Síria) ou Peca (o rei de Israel). Mas de acordo com [II Cr 28:5-6], "o SENHOR, seu Deus, o entregou (Acaz) nas mãos do rei dos siros, os quais o feriram e levaram dele em cativeiro uma grande multidão de presos, que trouxeram a Damasco; também foi entregue nas mãos do rei de Israel, o qual o feriu com grande ferida." [Is 7:3-7]
Aqui há um erro de tradução, onde a palavra hebréia almah significa mulher jovem não necessariamente virgem. (A palavra bethulah, significa virgem) Além disso, a mulher jovem referida neste verso estava vivendo na hora da profecia. E Jesus, é claro, foi chamado de Jesus - e não é chamado de Emanuel em nenhum verso do Novo Testamento. [Is 7:14]



Estes versos falsamente predizem que a Babilônia nunca será habitada novamente. [Is 13:19-20]
Feras viverão nos palácios babilônicos e sátiros dançarão lá. [Is 13:21-22]
Este verso profetiza que Damasco será completamente destruída e não mais habitada. Acontece que Damasco nunca foi completamente destruída e é uma das mais velhas cidades continuamente habitadas. [Is 17:1]
O rio do Egito (provavelmente o Nilo) secará. Isto nunca aconteceu. [Is 19:5]
"E a terra de Judá será um espanto para o Egito." Judá nunca invadiu o Egito e nunca foi uma ameaça militar para o Egito. [Is 19:17]
Este verso prediz que haverá cinco cidades no Egito que falarão "a língua de Canaã." Mas esta língua nunca foi falada no Egito, e está extinta a muito tempo. [Is 19:18]
Estes versos predizem que os egípcios adorarão o Deus (dos israelitas) com sacrifícios e ofertas. Mas o judaísmo nunca foi uma religião importante no Egito. [Is 19:18-21]
Estes versos predizem que haverá uma aliança entre o Egito, Israel e Assíria. Mas nunca houve tal aliança, e é improvável que haja, já que a Assíria não existe mais. [Is 19:23-24]
"O sacerdote e o profeta erram por causa da bebida forte." Não se pode mais confiar num profeta bêbedo. [Is 28:7]



Citado erroneamente em [Rm 9:33]. [Is 28:16]
"E será a luz da lua como a luz do sol, e a luz do sol, sete vezes maior." Bem, esta é uma profecia que nunca se tornará realidade, já que a lua não tem luz própria, ela só reflete a luz recebida do sol, e nunca poderia brilhar como o sol. E o sol não vai, pelo menos enquanto houver humanos para ver isto, brilhar 7 vezes mais. [Is 30:26]
"Nunca mais entrará em ti [Jerusalém] nem incircunciso nem imundo." Mas muitas pessoas incircuncisas visitaram e ocuparam Jerusalém depois que esta profecia foi feita. [Is 52:1]
As nações que não servirem Israel perecerão. [Is 60:12]
Jeremias profetiza que todas as nações da terra abraçarão o judaísmo. Isto não aconteceu. [Jr 3:17]
Aparentemente, os profetas que trazem boas notícias enfurecem a Deus. Assim ele os matará. [Jr 5:12-13]
"Os profetas profetizam falsamente." Infelizmente, nós não podemos diferenciar entre os verdadeiros e falsos profetas. [Jr 5:31]



Deus fará de Jerusalém "morada de dragões." [Jr 9:11]
Judá se tornará uma morada de dragões. [Jr 10:22]
Deus reclama que "os profetas profetizam falsamente em meu nome." Isto significa que Isaías, Daniel e Jeremias estavam profetizando mentiras? [Jr 14:14]
Deus destruirá com a fome e pela espada aqueles que são enganados pelos profetas, como também os próprios profetas. [Jr 14:15-16]



Mateus [Mt 1:12] lista Jeconias como um antepassado de Jesus - o qual, de acordo com esta profecia, desqualifica Jesus como o Messias. [Jr 22:28-30]
Deus acha que alguns profetas e sacerdotes estão contaminados. Como Jeremias, talvez? [Jr 23:11]
Deus diz que vai castigar Nabucodonosor e os babilônicos pelo que fizeram ao seu povo - embora o próprio Deus foi quem fez os babilônicos atacarem e escravizarem Judá! Como parte do castigo, Deus visitará a terra dos babilônicos e "farei deles um deserto perpétuo." Uma falsa profecia, já que o atual Iraque é totalmente ocupado. [Jr 25:12]
Deus mata Hananias por profetizar falsamente. [Jr 28:16-17]
Mateus [Mt 2:17-18] cita este verso, reivindicando que esta era a profecia da matança das crianças alegada à Herodes perto de Belém depois do nascimento de Jesus. Mas esta passagem recorre ao cativeiro babilônico, e fica claro lendo os próximos dois versos [Jr 31:16-17], que não tem nada a ver com o massacre de Herodes. [Jr 31:15]
Citado erroneamente em [Hb 8:9]. [Jr 31:32]
"Nunca faltará a Davi varão que se assente sobre o trono da casa de Israel." Mas os reinados após Davi terminaram com Zedequias; não havia nenhum durante o cativeiro babilônico, e não há nenhum hoje. [Jr 33:17]
Deus mente novamente para Zedequias lhe falando que ele morrerá em paz e será enterrado com seus pais. Mas ele [II Rs 25:7] e [Jr 52:10-11] teve uma morte violenta em uma terra estrangeira. [Jr 34:5]
O começo do fim para Zedequias. Apesar das garantias de Deus [Jr 34:5] que ele morreria em paz e em casa, aqui Zedequias assiste seus filhos serem mortos e então seus olhos são arrancados e ele é algemado e levado para a Babilônia. Também, sua cidade é queimada aqueles que restaram são escravizados. [Jr 39:6-9]
Todos aqueles que se mudarem para o Egito morrerão pela espada, fome ou pestes, "e deles não haverá quem reste e escape do mal que eu (Deus) farei vir sobre eles." Mas muita gente, inclusive judeus, se mudaram para o Egito e a maioria parece ter escapado do mal prometido por Deus. [Jr 42:15-18], [Jr 42:22]
Jeremias prediz que nenhum humano viverá novamente em Hazor, e que será moradia de dragões. Mas as pessoas ainda vivem lá e nunca foram vistos dragões. [Jr 49:33]



Deus profetiza que a Babilônia nunca será habitada novamente. Mas ela foi sempre habitada desde que esta profecia foi feita, e ainda está habitada hoje. [Jr 50:39]
Deus diz que a Babilônia será sempre desolada e despovoada. Ele diz que só dragões viverão lá. Mas a Babilônia está livre de dragões e continuamente habitada desde então. [Jr 51:26], [Jr 51:29], [Jr 51:37], [Jr 51:43], [Jr 51:62], [Jr 51:64]
Deus prometeu a Zedequias [Jr 34:5] que ele morreria em paz e seria enterrado com os seus pais. Mas aqui nós vemos que ele teve uma morte miserável numa terra estrangeira. [Jr 52:10-11]
Os profetas não estão tendo notícias de Deus? Isso é uma coisa permanente? [Lm 2:9]
Profetas têm visões vãs e tolas. [Lm 2:14]
Deus diz, "Chegaram os dias e a palavra de toda visão." Assim, estão próximos os dias que todas as visões irão passar? Isso ainda não aconteceu. E no próximo verso, outra mentira: "Porque não haverá mais nenhuma visão vã, nem adivinhação lisonjeira, no meio da casa de Israel." Como não haverá mais "visão vã", se a Bíblia está cheia delas, antes e depois de Ezequiel. [Ez 12:23-24]



Ezequiel profetiza (no século 6 a.C.) que ninguém mais lembrará dos amonitas. Eles continuaram existindo até o século 2 d.C. (e são ainda lembrados na Bíblia). [Ez 21:28-32]
Ezequiel profetiza que Tiro será completamente destruída por Nabucodonosor e nunca será reconstruída novamente. Mas não foi destruída, como comprovado pelas visitas de Jesus e Paulo [Mt 15:21], [Mc 7:24], [Mc 7:31], [At 21:3]. [Ez 26:14], [Ex 26:21]
Ezequiel repete a falsa profecia da destruição de Tiro. (Veja [Mt 15:21], [Mc 7:24], [Mc 7:31], [At 21:3]). [Ez 27:36]
Mais uma vez Ezequiel repete a falsa profecia da completa destruição de Tiro. [Ez 28:19]
Ezequiel traz a promessa de Deus que Israel viverá segura em sua pátria, e nunca será atormentada novamente por nações vizinhas. É só olhar o jornal para ver que isto não foi cumprido. Os israelitas se espalharam pelo mundo e foram atormentados por várias nações, inclusive os romanos e turcos. Recentemente os problemas são com os palestinos e as nações árabes vizinhas. Israel não teve paz e ao que parece, não vai ter tão cedo. [Ez 28:24-26]
Ezequiel faz outra falsa profecia: que o Egito não seria habitado por humanos ou animais durante quarenta anos depois de destruído por Nabucodonosor. Mas nunca houve algum momento em que o Egito fosse despovoado. Os humanos e animais viveram lá continuamente desde a profecia de Ezequiel. [Ez 29:10-13]
"Mais baixo se fará do que os outros reinos (o Egito) e nunca mais se exalçará sobre as nações; porque os diminuirei, para que não dominem sobre as nações. " Mas o Egito permaneceu uma importante e poderosa nação. [Ez 29:14-15]
"Está perto o dia do SENHOR, dia nublado; o tempo dos gentios ele será." Deus planeja acabar com os pagãos. Quando? Logo. [Ez 30:3]



Os rios do Egito (provavelmente o Nilo também) secarão. Isto nunca aconteceu. [Ez 30:12]
Mais uma vez, Ezequiel profetiza que Deus protegerá os israelitas de invasões e saques como um pastor protege o seu rebanho. Novamente, nós sabemos que isto não aconteceu. [Ez 34:28-29]
Apesar de se saber que o escritor de Daniel provavelmente viveu bem depois dos eventos que ele descreve, ele fala do fim dos tempos, usando a visão das quatro bestas para sustentar que o fim está próximo. Alguns acreditam que as quatro bestas representam a Europa, a Rússia, Israel e os EUA. E, a batalha entre o carneiro e o bode representa a batalha entre cristianismo e islã. [Dn 7:3], [Dn 8:3-6]
Muitos crentes acreditam que estes versos descrevem o anticristo. Porém, é mais provável que eles estejam se referindo a um rei tirano da Síria, Antiochus IV. Ele reinou por volta de 170 a.C. e perseguiu os judeus, e empreendeu uma guerra bem-sucedida contra o Egito. Esta informação está muito mais próxima da história contemporânea do escritor de Daniel que viveu no 2º século a.C. do que de uma profecia. [Dn 8:23-25], [Dn 11:21-45]



Cuidado para não se confundir com as 70 semanas de Daniel (que ocorreram no século 2 a.C.). Normalmente tenta-se unir este prazo com passagens do Apocalipse. [Dn 9:25-27]
"Depois de dois dias, nos dará a vida; ao terceiro dia, nos ressuscitará, e viveremos diante dele." Este pode ser o verso referido em Lucas [Lc 18:31-33] e I Coríntios [I Co 15:3-4]. Porém, Oséias fala de pessoas (comuns) que viviam na ocasião, que seriam curadas por Deus, e então, nada tem a ver com a morte e ressurreição de Jesus. [Os 6:2]
"O profeta é um insensato, o homem de espírito é um louco." Finalmente concordamos em alguma coisa! [Os 9:7]
"Quando Israel era menino, eu o amei; e do Egito chamei a meu filho." Mateus [Mt 2:15] reivindica que a ida da família de Jesus para o Egito é um cumprimento deste verso. Mas Oséias não profetizou nada. Isto é uma referência ao êxodo hebreu do Egito e não tem nada a ver com Jesus. Mateus tenta esconder este fato citando só a última parte do verso ("Do Egito chamei o meu Filho."). [Os 11:1]
"O dia do SENHOR vem, ele está perto." Todo dia ruim é o "dia do Senhor"? E sempre está "perto"? [Jl 2:1]
Apesar desta promessa, os judeus foram continuamente desarraigados. Até mesmo hoje, a sua terra é motivo de discussões. [Am 9:15]
"Porque o dia do SENHOR está perto, sobre todas as nações." Nesse caso, então deve ter vindo e passado desapercebido, antes do nascimento de Cristo. [Ob 1:15]
Jonas profetiza que em quarenta dias Nínive será subvertida. Mas isso não aconteceu porque Deus se arrependeu [Jn 3:10]. [Jn 3:4]
Alguns dos profetas de Deus contam mentiras e mordem (?!) (com seus dentes). [Jn 3:5]
"Os seus sacerdotes ensinam por interesse, e os seus profetas adivinham por dinheiro." Algumas coisas nunca mudam. [Mq 3:11]



"E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre milhares de Judá, de ti me sairá o que será Senhor em Israel, e cujas origens são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade." O evangelho de Mateus [Mt 2:5-6] reivindica que o nascimento de Jesus em Belém confirma esta profecia. Mas isto é improvável. "Belém Efrata" descrito em Miquéias [Mq 5:2] não se refere a uma cidade, mas um clã: o clã de Belém que era o filho da segunda esposa de Calebe Efrata [I Cr 2:18], [I Cr 2:50-52]. [I Cr 4:4]
A profecia (se é que se pode dizer isso) não se refere ao Messias, mas a um líder militar, como pode ser visto de verso [Mq 5:6]. É suposto que este líder derrote os assírios, e é claro que Jesus nunca fez isso. Também deve ser notado que Mateus alterou o texto de Miquéias dizendo: "Em Belém da Judéia" em lugar de "Belém Efrata" como é dito em Miquéias [Mq 5:2]. Ele fez isto intencionalmente, sem nenhuma dúvida, para fazer o verso se referir à cidade de Belém em vez de um clã familiar.
Sofonias profetiza que "o grande dia do SENHOR está perto." Mas nós ainda estamos esperando, 2.600 anos depois. [Sf 1:14-18]



"Ainda uma vez, daqui a pouco, e farei tremer os céus, e a terra, e o mar, e a terra seca." [Ag 2:6]
Os evangelhos (especialmente [Mt 21:4-5] e [Jo 12:14-15]) reivindicam que Jesus cumpriu a profecia de Zacarias [Zc 9:9]. Mas os próximos versos [Zc 9:10-13] mostram que a pessoa que ele se referiu era um rei militar que regeria "de um mar a outro mar." Já que Jesus não teve um exército nem um reino, ele não poderia ter cumprido esta profecia. [Zc 9:9]
O rio de Egito (provavelmente o Nilo) secará. Isto nunca aconteceu. [Zc 10:11]
Mateus (Mt 27:9) cita este verso, mas incorretamente atribui isto a Jeremias. [Zc 11:12]
O evangelho de Marcos reivindica que João Batista cumpriu a profecia de Malaquias [Ml 3:1], [Ml 4:1], [Ml 4:5]. Mas a profecia de Malaquias diz que Deus enviará Elias antes do "dia grande e terrível do SENHOR" no qual o mundo será consumido pelo fogo. Além de João Batista não ser Elias (veja em [Jo 1:21] que ele nega ser Elias) a terra não foi destruída depois do aparecimento dele. [Ml 3:1], [Ml 4:1], [Ml 4:5]
A profecia descrita em [Is 7:14] não se refere a uma virgem, apenas uma mulher jovem, vivendo na hora da profecia. E Jesus, é claro, foi chamado de Jesus - e não é chamado de Emanuel em nenhum verso do Novo Testamento. [Mt 1:23]



Mateus reivindica que o nascimento de Jesus em Belém confirma a profecia descrita em Miquéias [Mq 5:2]. Mas isto é improvável por duas razões:
1) "Belém Efrata" não se refere a uma cidade, mas um clã: o clã de Belém que era o filho da segunda esposa de Calebe Efrata [I Cr 2:18], [I Cr 2:50-52]. [I Cr 4:4]. Também deve ser notado que Mateus alterou o texto de Miquéias dizendo: "Em Belém da Judéia" em lugar de "Belém Efrata" como é dito em Miquéias [Mq 5:2]. Ele fez isto intencionalmente, sem nenhuma dúvida, para fazer o verso se referir à cidade de Belém em vez de um clã familiar. [Mt 2:5-6]
2) A profecia (se é que se pode dizer isso) não se refere ao Messias, mas a um líder militar, como pode ser visto em Miquéias [5:6]. É suposto que este líder derrote os assírios, e é claro que Jesus nunca fez isso.
"Quando Israel era menino, eu o amei; e do Egito chamei a meu filho." Mateus reivindica que a ida da família de Jesus para o Egito é um cumprimento deste verso de Oséias [Os 11:1]. Mas Oséias não profetizou nada. Isto é uma referência ao êxodo hebreu do Egito e não tem nada a ver com Jesus. Mateus tenta esconder este fato citando só a última parte do verso ("Do Egito chamei o meu Filho."). [Mt 2:15]
Mateus cita Jeremias [Jr 31:15], reivindicando que esta era a profecia da matança das crianças alegada à Herodes perto de Belém depois do nascimento de Jesus. Mas esta passagem recorre ao cativeiro babilônico, e fica claro lendo os próximos dois versos [Jr 31:16-17], que não tem nada a ver com o massacre de Herodes. [Mt 2:17-18]



"Ele será chamado Nazareno." Mateus reivindica o cumprimento da profecia, contudo tal profecia não é achada em nenhum lugar do Velho Testamento. [Mt 2:23]
O diabo cita corretamente as escrituras [Sl 91:11-12], enquanto Jesus erra ao citar o Deuteronômio [Dt 6:13]. [Mt 4:6], [Mt 4:10]
Jesus fala para seus discípulos que ele voltará antes que eles pudessem "percorrer as cidades de Israel." Mais adiante [Mt 24:14] ele diz que não virá até que o evangelho seja pregado por todo o mundo. Bem, os discípulos dele percorreram as cidades de Israel e morreram esperando pelo "retorno de Jesus." Hoje, quase 2.000 anos depois, e depois do evangelho ter sido pregado por todo o mundo, os seus seguidores ainda esperam. [Mt 10:23]
Quando Jesus e seus discípulos são acusados de profanarem o Sabbath, ele se desculpa recorrendo a escritura na qual diz que "os sacerdotes no templo violam o sábado e ficam sem culpa." Mas não existe tal passagem no Velho Testamento. [Mt 12:5]
Citação errônea de [Sl 78:2]. [Mt 13:35]
Jesus visita Tiro que de acordo com Ezequiel ([Ez 26:14], [Ez 26:21], [Ez 27:36], [Ez 28:19]) não mais existia. [Mt 15:21]



Jesus fala erroneamente aos seus seguidores que ele voltará e estabelecerá o seu reino enquanto eles estiverem vivos. [Mt 16:28]
Este verso reivindica que Jesus cumpriu a profecia em Zacarias [Zc 9:9]. Mas isto não pode verdade já que a pessoa que Zacarias se referiu (veja os versos [Zc 10-13]) era um líder militar e rei de um reino terrestre. [Mt 21:4]
Jesus prediz o fim do mundo durante a vida dos seus ouvintes. [Mt 23:36]
Jesus diz que o evangelho será pregado a todas as nações "e então virá o fim." De acordo com Paulo, o evangelho foi pregado a todo o mundo [Rm 10:18] contudo o fim não veio. [Mt 24:14]
Jesus é um falso profeta, já que ele prediz que o fim do mundo virá durante a geração de seus discípulos. O mundo não terminou (é claro), e de acordo com [Ec 1:4] nunca terminará. [Mt 24:34]
"Mas tudo isso aconteceu para que se cumpram as Escrituras dos profetas." Que escrituras? Que profetas? Não existe tal profecia no Velho Testamento. [Mt 26:54-56]



Jesus profetiza falsamente que o sacerdote veria a sua segunda vinda. [Mt 26:64]
Esta não é uma citação de Jeremias, mas sim de Zacarias [Zc 11:12-13]. [Mt 27:9]
Marcos reivindica que João Batista cumpriu a profecia de Malaquias [Ml 3:1], [Ml 4:1], [Ml 4:5]. Mas a profecia de Malaquias diz que Deus enviará Elias antes do "dia grande e terrível do SENHOR" no qual o mundo será consumido pelo fogo. Além de João Batista não ser Elias (veja em [Jo 1:21] que ele nega ser Elias) a terra não foi destruída depois do aparecimento dele. [Mc 1:2]
Ezequiel [Ez 26:14], [Ez 26:21], [Ez 27:36] profetizou que Tiro seria completamente destruída por Nabucodonosor e nunca seria reconstruída novamente. Mas não foi destruída, como comprovado pelas visitas de Jesus. [Mc 7:24], [Mc 7:31]
Jesus profetiza falsamente que o fim do mundo virá durante a vida de seus ouvintes. [Mc 9:1]
Jesus mostra que ele é um falso profeta predizendo o seu retorno e o fim do mundo durante a geração de seus ouvintes. [Mc 13:30]
Jesus profetiza falsamente que o sacerdote veria a sua segunda vinda. [Mc 14:62]
Jesus fala erroneamente aos seus seguidores que ele voltará e estabelecerá o seu reino enquanto eles estiverem vivos. [Lc 9:27]
Jesus reivindica que o seu sofrimento e morte seja um cumprimento da profecia de Oséias [Os 6:2]. Mas este verso se refere às pessoas (comuns) que viviam na ocasião e então, nada tem a ver com a morte e ressurreição de Jesus. [Lc 18:31]
Jesus diz que tudo o que ele descreve (o seu retorno, sinais do sol, da lua, e estrelas, etc.) acontecerá durante a geração dos seus ouvintes. [Lc 21:32]
Jesus reivindica que o seu sofrimento e morte seja um cumprimento da profecia. Mas não existe tal profecia no Velho Testamento. [Lc 24:44], [Lc 24:46]
Jesus diz que "vem a hora, e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão." Mas isto nunca aconteceu. [Jo 5:25]
Jesus diz que Moisés escreveu sobre ele. Onde? É uma vergonha ele não ter-nos dado o capítulo e verso. [Jo 5:46]



Jesus diz que aqueles que acreditarem nele vão, como diz a escritura, ter águas vivas fluindo de seu ventre. Isso parece diversão, mas qual escritura ele estava se referindo? [Jo 7:38]
Jesus profetiza falsamente que só "haverá um rebanho e um Pastor." Isto nunca acontecerá com tantas seitas cristãs que estão baseadas na Bíblia. [Jo 10:16]
Este verso reivindica que Jesus cumpriu a profecia de Zacarias [Zc 9:9]. Mas isto não pode ser verdade, já que a pessoa que Zacarias se referiu (veja os versos [Zc 10-13]) era um líder militar e um rei de um reino terrestre. [Jo 12:15]
O verso 33 diz que durante a crucificação de Jesus, os soldados não quebraram as suas pernas porque ele já estava morto. O verso 36 reivindica o cumprimento de uma profecia: "Nenhum dos seus ossos será quebrado." Mas não existe tal profecia. Alguns podem dizer que a profecia aparece em Êxodo [Ex 12:46], Números [Nm 9:12] e Salmos [Sl 34:20]. Mas isto não é correto. Êxodo [Ex 12:46] e Números [Nm 9:12] não são profecias, são ordens aos israelitas para não quebrar os ossos do cordeiro de Páscoa, e é somente isto. Quanto ao Salmos [Sl 34:20] parece se referir à pessoas íntegras em geral, não uma profecia sobre uma pessoa específica. [Jo 19:33], [Jo 19:36]



Jesus insinua que ele voltará a terra durante a vida de João. [Jo 21:22]
Este verso reivindica que o [Dt 18:18-19] se refere a Jesus, o que não é verdade, mesmo assim é usado para dizer que aqueles que se recusam a segui-lo (todos os não cristãos) devem ser mortos. [At 3:23]
Este verso admite que a promessa de Deus a Abraão não foi cumprida. (veja [Gn 12:7], [Gn 13:15], [Gn 15:18] e [Gn 17:8]). [At 7:5]
Em [Gn 49:10] diz que todos os reis de Israel serão da tribo de Judá, porém nós vemos neste verso que o primeiro rei de Israel era da tribo de Benjamim. [At 13:21]
Em um dos poucos momentos que Paulo cita Jesus, ele atribui a Jesus palavras que não são encontradas nos evangelhos. [At 20:35]
Ezequiel [Ez 26:14], [Ez 26:21], [Ez 27:36] profetiza que Tiro será completamente destruída por Nabucodonosor e nunca será reconstruída novamente. Mas não foi destruída, como é evidente nestes versos. [At 21:3-4]
Estes versos reivindicam que Moisés e os profetas profetizaram que Jesus sofreria e ressuscitaria dos mortos. Mas em que escritura é feita tal profecia? [At 26:22-23]
Citação errônea de [Is 28:16]. [Rm 9:33]
Paulo cita erroneamente [Dt 30:14]. [Rm 10:8]



Paulo diz que a todo o mundo (na visão dele) foi pregado o evangelho. Até mesmo aos nativos americanos, asiáticos, e nas ilhas do Pacífico? Em todo caso, se Paulo tiver razão, então Jesus é um falso profeta, já que ele disse que voltaria antes do evangelho ser pregado a todo o mundo [Mt 10:23]. [Rm 10:18]
Paulo acreditou que o fim do mundo estava próximo. "O dia é chegado." [Rm 13:11-12]
Paulo diz para os coríntios que sejam bons até "o Dia de nosso Senhor Jesus Cristo." Assim ele esperou que Jesus voltasse durante as suas vidas. [I Co 1:7-8]
Jesus, assim como Paulo e os outros escritores do Novo Testamento, esperam o fim para breve. "O tempo se abrevia." Assim, não há tempo para sexo, de qualquer maneira, o mundo logo terminará. [I Co 7:29]
Paulo diz que o fim do mundo virá durante a vida dele. [I Co 10:11]
Este versos reivindicam que as escrituras profetizaram que Jesus sofreria, morreria e ressuscitaria dos mortos. Mas qual profecia diz isso? Talvez Oséias [Os 6:2]. Mas este verso se refere às pessoas (comuns) que viviam na ocasião e então, nada tem a ver com a morte e ressurreição de Jesus. [I Co 15:3-4]
Paulo diz para os filipenses que sejam bons até "o Dia de Cristo." Assim ele esperou que Jesus voltasse durante as suas vidas. [Fp 1:10]
"Perto está o Senhor." Paulo pensou que o fim estava próximo e que Jesus voltaria logo após dele escrever estas palavras. [Fp 4:5]



Paulo espera que Jesus volte durante a vida dos seus seguidores. [I Ts 3:13]
Paulo pensou que viveria para ver a volta de Jesus. [I Ts 4:15], [I Ts 4:17]
Paulo reza para que os tessalonicenses sejam bons até a volta de Jesus. É claro que ele esperava que isto acontecesse durante a vida deles. [I Ts 5:23]
Paulo acreditava que ele veria o retorno de Jesus. [II Ts 2:2]
Paulo esperava que Jesus voltasse durante a geração dele. [I Tm 6:14]
O autor de Hebreus acreditava estar vivendo os "últimos dias." [Hb 1:1]
Citação errônea de [Jr 31:32]. [Hb 8:9]
Jesus se sacrificou "na consumação dos séculos." [Hb 9:26]
Citação errônea de [Sl 40:6]. [Hb 10:5-6]



O autor de Hebreus acreditava que Jesus voltaria em "um poucochinho de tempo, e o que há de vir virá e não tardará." [Hb 10:37]
Em [Gn 13:15], [Gn 15:18], [Gn 17:8] e [Ex 32:13] Deus promete para Abraão e seus descendentes a terra de Canaã, "para que a possuam por herança eternamente." Mas aqui Paulo admite que a promessa de Deus não foi cumprida. [Hb 11:9-13]
Tiago cita as escrituras quando diz, "O Espírito que em nós habita tem ciúmes?" Mas não existe tal verso no Velho Testamento. [Tg 4:5]
Tiago pensou que Jesus voltaria logo. [Tg 5:8]
Cansaram de esperar acreditando que estariam vivendo os "últimos tempos." [I Pe 1:5], [I Pe 1:7], [I Pe 1:20], [I Pe 5:4]



Cansaram de esperar acreditando que "está próximo o fim de todas as coisas." [I Pe 4:7]
O autor de II Pedro está atento as expectativas frustradas dos crentes. Ele sabe que Jesus que era para vir logo, não veio. Muitos começaram a perguntar, " Onde está a promessa da sua vinda?" Ele tenta se explicar dizendo "que um dia para o Senhor é como mil anos." [II Pe 3:4], [II Pe 3:8]
João pensa que está vivendo "as últimas horas." Ele sabe disto porque vê tantos anticristos ao seu redor. [I Jo 2:18], [I Jo 4:3]



João adverte seus seguidores para se prepararem porque Jesus está vindo logo. [I Jo 2:28]
João espera viver para ver o retorno de Jesus. [I Jo 3:2]
Judas diz "Enoque, o sétimo depois de Adão", profetizou que viria "o Senhor com milhares de seus santos, para fazer juízo contra todos. " Mas esta profecia é do Livro de Enoque, não da Bíblia. [Jd 1:14-15]
João acredita que "o tempo está próximo", e as coisas que ele escreve no Apocalipse "brevemente devem acontecer." [Ap 1:1], [Ap 1:3]
João cita Jesus (1.900 anos atrás) dizendo, "Eis que venho sem demora." [Ap 3:11], [Ap 22:7], [Ap 22:12], [Ap 22:20]





Este texto encontrei no facebook no seguinte link:





quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Deus , Matador de Crianças.





Eu fico abismado como os religiosos que tem a bíblia como sendo a "palavra de deus" não se dão conta de que tem em mãos um produto pirata.

Como assim pirata?

Isto mesmo , um produto que não condiz com aquilo que seus produtores e promotores dizem ser este produto.

A bíblia foi montada em Roma e de lá distribuída ao mundo com o apelido pomposo de "palavra de deus".

Acontece que:

O deus propagandeado por Roma é definido como sendo um deus ONIPOTENTE , ONIPRESENTE , ONISCIENTE , JUSTO e principalmente ... AMOROSO , logo , sua "palavra" , ou seja , a bíblia deveria ser um livro perfeito e que favorecesse a união e amor entre os povos , mas quando devidamente consultada e estudada ela se mostra um livro que mais parece um filme de terror e é neste ponto que eu digo que este livro é um produto pirata , um produto falsificado , pois como pode um livro vendido como sendo a palavra de um deus com as características citadas anteriormente, mais parecer um filme de terror onde nem as crianças são poupadas para satisfazer aos caprichos de um ser idiota e sanguinário , apelidado desmerecidamente no livro de "Deus" ???

Lhe parece estranho este meu comentário?

Se sim é porque você nunca leu a bíblia fora da ladainha pregada nos templos cristãos. Você acha estranho este meu comentário porque você até agora leu os versículos bonitinhos pré-selecionados pelos líderes cristãos.

Convido-lhe a conhecer uma faceta das "escrituras sagradas" que mais parece o enrredo de um filme de vampiro ou lobisomem.

Clique na figura a baixo e leia o ebook , você ficará chocado:




domingo, 9 de setembro de 2012

Blog Encontro Racional Comenta: Bênçãos, conforme as posses.

Não sei se você, assim como eu, já atentou para o fato de que as bênçãos que os religiosos afirmam receber do seus deuses estão totalmente relacionadas às posses de cada um.

Não é difícil achar elementos que sustentem esta observação, basta dar uma olhada com um pouco de atenção nas pessoas que professam alguma fé na nossa vizinhança.

Um prato cheio para fundamentar o que digo são aqueles programas de rádio e televisão que costumam mostrar exaustivamente os testemunhos dos seus fiéis.

Fazendo isso, veremos que, embora não façam diferença para os fiéis, os valores das supostas bênçãos recebidas estão proporcionalmente relacionados às suas posses.

Observe, se tiver paciência suficiente (pra não dizer saco), que os testemunhos daqueles fiéis que desfrutam de um alto poder aquisitivo referem-se a negócios bem sucedidos, viagens a lazer, aquisição de imóveis de alto padrão e carros de luxo.

Mas percebemos que tudo isso muda, quando descemos um pouco na escala das posses, pois nos deparamos com aqueles que já não se encontram em uma situação financeira muito favorável. Não dispondo de bens tão valiosos para mostrar, falam, embora com o mesmo entusiasmo, de negócios de pequena monta (os populares rolos), de terrenos e casas simples comprados na periferia, em conjuntos habitacionais e carros caindo aos pedaços, com décadas de uso.

Nesta mesma categoria também se encontram aqueles que costumam compartilhar com seus pares as suas aventuras e desventuras, por exemplo, supostas curas de doenças incuráveis, dívidas perdoadas e libertação de supostas divindades espirituais.

Já se quisermos tomar conhecimento dos testemunhos daqueles que literalmente se encontram no solo da pirâmide social, os moradores de rua, como não há o menor interesse dos líderes religiosos em exibí-los em seus programas de rádio e televisão, teremos que procurá-los pessoalmente, nos locais onde vivem, as ruas.

Se fizermos isso, e perguntarmos sobre as bênçãos que têm recebido do seus deuses, não será surpresa se obtivermos como resposta que, para eles, as bênçãos mais importantes que recebem são um pouco de alimento para aliviar a fome e uma caixa de papelão para os proteger do frio.

Olhando de fora, as imagens que nos vem à mente são de deuses (entre eles, o judaico) servindo aos senhores com banquetes, mantendo os serviçais com pão e jogando aos humildes as migalhas.

Este excelente texto encontrei no blog "Encontro Racional" visite : http://www.encontroracional.blogspot.com.br/

domingo, 2 de setembro de 2012

Perca a sua Fé Religiosa HOJE.



No princípio do reinado de Jeoiaquim, filho de Josias, rei de Judá, veio esta palavra do SENHOR, dizendo:
Assim diz o SENHOR: Põe-te no átrio da casa do SENHOR e dize a todas as cidades de Judá, que vêm adorar na casa do SENHOR, todas as palavras que te mandei que lhes dissesses; não omitas nenhuma palavra.
Bem PODE SER QUE OUÇAM, e se convertam cada um do seu mau caminho, e EU ME ARREPENDA DO MAL QUE INTENTO FAZER-LHES por causa da maldade das suas ações.
 
Jeremias 26:1-3

Esta é apenas uma das centenas de passagens bíblicas analisadas neste livro.

Estava eu navegando tranquilamente no facebook , quando menos esperava , eis que me deparei com esta obra prima.

Um livro excelente que vai lhe ajudar muito a ser livre da conversa fiada de líderes religiosos cara de pau que querem a todo custo lhe meter medo.

Abra a mente e se livre do julgo religioso e das acusações de líderes religiosos mercenários que só estão interessados no seu dinheiro pois eles querem dominar a sua mente para de mansinho dominarem
o seu BOLSO.

Eles usam um livro ridículo apelidado de "bíblia sagrada" , livro este que não faz o menor sentido lógico pois afirma que deus é onisciente mas usa expressões como "PODE SER QUE OUÇAM" , afirma que deus é bom e onisciente mas faz uso de expressões do tipo "EU ME ARREPENDA DO MAL QUE INTENTO FAZER-LHES"
 
Que raio de bondade e onisciência são estas
 
??????????????????????????????????????????????????????????????????????


Este livro sensacional lhe ajudará a raciocinar sobre a sua fé cristã.
Neste livro você encontrará argumentos lógicos para ver que o cristianismo não faz sentido.

Porque acreditar em "Deus" é a mesma coisa que acreditar no Papai Noel?

Leia tudo no seguinte link:


Se quiser ler mais análises sobre as fábulas bíblicas , visite o seguinte link no facebook:




Abraço e sucesso a todos!



sexta-feira, 31 de agosto de 2012

O que Devemos Fazer?


O que devemos fazer

Devemos apoiar-nos em nossos próprios pés e olhar o mundo honestamente — as coisas boas, as coisas más, suas belezas e suas fealdades; ver o mundo como ele é, e não temê-lo. Conquistar o mundo por meio da inteligência, e não apenas abjetamente, subjugados pelo terror que ele nos desperta. Toda a concepção de Deus é uma concepção derivada dos antigos despotismos orientais. É uma concepção inteiramente indigna de homens livres. Quando vemos na igreja pessoas a depreciar a si próprias e a dizer que são miseráveis pecadores e tudo o mais, tal coisa nos parece desprezível e indigna de criaturas humanas que se respeitem. Devemos levantar-nos e encarar o mundo de frente, honestamente. Devemos fazer do mundo o melhor que nos seja possível, e se o mesmo não é tão bom quanto desejamos, será, afinal de contas, ainda melhor do que esses outros fizeram dele durante todos estes séculos. Um mundo bom necessita de conhecimento, bondade e coragem; não precisa de nenhum anseio saudoso pelo passado, nem do encarceramento das inteligências livres por meio de palavras proferidas há muito tempo por homens ignorantes. Necessita de uma perspectiva intemente e de uma inteligência livre. Necessita de esperança para o futuro, e não passar o tempo todo voltado para trás, para um passado morto, que, assim o confiamos, será ultrapassado de muito pelo futuro que a nossa inteligência pode criar.
Leia mais em :

Um Deus IMPOSSÍVEL.

Navegando pela net encontrei um link interessante , no qual o autor faz uma análise da impossibilidade de existência  do deus judaico/cristão.
Leia um trecho e analise:


Revelação imperfeita da perfeição

A Bíblia supostamente é a palavra perfeita de Deus. Ela contém instruções para que a humanidade evite as eternas chamas do inferno. Quão maravilhoso e bondoso da parte deste Deus é proporcionar a nós meios de superar os problemas pelos quais ele, em última instância, é responsável! O Deus todo-poderoso poderia, por um simples ato de sua vontade, eliminar todos os problemas que nós, humanos, precisamos enfrentar; mas, em vez disso, com sua sabedoria infinita, ele optou por oferecer este indecifrável amálgama de livros denominado Bíblia como meio para evitaremos o inferno que ele preparou para nós. O Deus perfeito decidiu revelar sua vontade através desta obra imperfeita, escrita na linguagem imperfeita dos humanos imperfeitos, traduzida, copiada, interpretada e narrada por homens imperfeitos. Dois homens nunca irão concordar sobre o que a palavra de Deus realmente significa, visto que grande parte dela é autocontraditória ou obscurecida por enigmas. E ainda assim o Deus perfeito espera que nós, imperfeitos humanos, entendamos este enigma paradoxal utilizando as mentes imperfeitas com as quais ele nos equipou. Certamente o Deus todo-sabedoria e todo-poderoso sabia que teria sido melhor revelar sua vontade perfeita diretamente a cada um de nós em vez de permitir ela fosse distorcida e pervertida pela imperfeita linguagem e pelas ruinosas interpretações do homem.
Leia na íntegra no seguinte link:

http://ateus.net/artigos/critica/por-que-o-deus-cristao-e-impossivel/

Comentários são bem vindos.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Mini Curso para Formação de Pastor - Negócio Lucrativo e Retorno Garantido.



O mercado religioso , principalmente o gospel , é uma verdadeira mina de diamantes.

Vivemos num país com uma das população mais religiosas , místicas e supersticiosas do planeta , logo , qualquer indivíduo carismático e bem falante consegue em pouco tempo se tornar um milionário e porque não dizer ... BILIONÁRIO.

Neste vídeo o autor do vlog "Verdade Oculta" , dá dicas indispensáveis para você que sonha em se tornar o próximo Macedo nos negócios religiosos.

PS: Não preciso nem dizer que o vídeo acima é uma CRÍTICA inteligente e bem articulada a este verdadeiro circo montado em torno da fé e superstição do povo brasileiro né?

Vendo este vídeo , me lembro de ter presenciado quase todos os métodos persuasivos mencionados no vídeo.

Quem não se lembra dos recentes "Jejum de Daniel" promovidos pela Universal? Consiste em o fiel se privar durante 21 dias de INFORMAÇÕES SECULARES.

Pra quem tem o mínimo de senso crítico já dá pra ter uma ideia do verdadeiro objetivo dos líderes religiosos com tal jejum não é mesmo?

Lembro também dos bordões cunhados pelos líderes dos grandes shoppings da fé:

"A mão de Deus está AQUI"

"Igreja INTERGALÁCTICA do REINO , do PODER e da GRAÇA de DEUS" , sempre nomes pomposos para causar o maior impacto possível no futuro cliente.

" Comunidade do Escorrega lá vai um" - Lugar de Gente FELIZ e UNGIDA.

" Vem pra Cá BRASIL"

" Senhora , como era a sua vida antes de vir para a melhor , para a mais fantástica e maravilhosa igreja do universo???

" Conta pra nós senhor , como era a sua vida antes de o senhor tomar a atitude de doar todo o seu dinheiro para a conta da igreja?

O pastor pergunta:

" Quem foi que fez isso?

o cliente responde:

 JESUS

 Pastor pergunta:

Mas ONDE FOI ???

O cliente reponde induzidíssimo pelo paxxtor:

Claaaaaro que foi na melhor , na mais fantástica , a mais abençoada , a mais ungida IGREJA POWER RANGERS DA FÉ.

O paxxtor responde:

Aaaaalelóiaaaaasssssssssssssssss , palma pra Gizuis genteinnnnnnnnnnnnnn , a mão de Deus está aqui , vem pra cá Brasil.

TUDO MARKETING.

Frases de ordem como:

"Repita  comigo : MEU DEUS , EU ... NÃO VOU ... DUVIDAR ... DO HOMEM DE DEUS".

A se os donos de lojas comuns tivessem a oportunidade de fazer isto com seus clientes , imagina o que isto poderia fazer pelos negócios deles?

Imagina um dono de supermercado chegar para cada cliente e dizer algo do tipo:

"Se você mudar de mercado o Diabo vai te desgraçar a vida"

ou ainda ...

"Se você não fizer uma compra de no mínimo mil reais , o "Espirito Devorador" vai devorar os seus bens".

ou ainda ...

"Se você não vir no domingo na nossa grande promoção , prepare-se para o pior".

Fora o batalhão de pessoas TRABALHANDO DE GRAÇA para expandir os negócios.
Imagina arrumar caixas e repositores que simplesmente TRABALHASSEM DE GRAÇA??? Qual dono de mercado não sonha com isto?

Mas isto só é possível no MERCADO DA FÉ.

Os cultos cristãos ultimamente até parece aqueles programas televisivos que vendem bugigangas rsrsrs , mas o método funciona , e como funciona.

E você? Conhece mais alguma técnica de marketing gospel?

Deixe seu comentário.

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Universo Marvel x Universo Bíblico.

Acabei de ler um texto fantástico e compartilho com vocês , leitores amigos do meu blog:


Do universo Marvel ao Universo bíblico!




Na minha pré-adolescência comecei a colecionar revistas em quadrinhos, principalmente as que envolviam o universo Marvel; sempre admirei a capacidade criativa do Stan Lee, realmente o cara é fera!

Quem pode negar a incrível habilidade que o homem tem de criar todo um universo repleto de super-heróis que por sinal acabam por envolver-se em tramas fantásticas, em sagas que podem durar meses e meses a fio, e intercalar varias publicações, com roteiros bem bolados que realmente prende a atenção dos mais aficionados.

E o que tem haver isso com teologia? Nada, absolutamente nada, mas faço aqui um paralelo, entre uma coisa e outra, para mostrar como podem ser semelhantes; eu conhecia de cabo a rabo todo o universo Marvel e os heróis dos quadrinhos, chegava ao ponto de colecionar um dicionário que era formado conforme você fosse comprando as revistas, ou seja vinha uma pagina a mais em cada publicação com letras do alfabeto e heróis relacionados a ela, por fim você acabava montando um dicionário, com informações das mais diversas, tipo nome do herói, força, habilidade; enfim...

O tempo passou muita coisa aconteceu e  comecei a me interessar pelas religiões, mais precisamente a cristã, pois fui criado como tal e chegou aquela momento  que começamos a questionar as coisas desta vida e da outra, tive contato com Testemunhas de Jeová, logo começou o processo de evangelização por parte deles, foi ai que tive acesso ao livro “Conhecimento que conduz a vida Eterna”, mas vi uma figura que chamou a minha atenção...Jesus em uma estaca...notei que tinha algo errado, pois sempre entendi que Ele teria sido crucificado, comecei a estudar o assunto e logo percebi a falha do grupo em querer mudar o que é comprovado arqueologicamente,  por suas doutrinas e seus objetivos de diferenciar-se dos demais grupos cristãos, logo percebi que além deste erro havia outros de maior importância que não vem o caso mencionar aqui.

E por conta dos TJs, comecei a estudar outros grupos dentro das fileiras do cristianismo, tais como adventistas, mormonismo, igreja internacional de Cristo (movimento de Boston), A família (meninos de Deus), Tabernáculo da fé, Igreja da Unificação; e por ai vai...

Por conta disso percebi que havia uma linha que varias outras igrejas seguiam, que tinham por sua vez raízes apostólicas, ou seja, eram estas doutrinas oriundas dos apóstolos, estes ensinos eram atribuídos aos apóstolos, portanto recebia o nome de ortodoxos e corretos, ai entendi que havia enfim uma igreja com doutrinas e ensinos corretos vistos por vários grupos de igual modo e todos os membros podiam ser chamados e tidos por irmãos, vi que realmente fazia sentido até ali, independente da placa denominacional, ledo engano!

Alguns perguntam: Mas você fez parte de algum destes grupos, ou mesmo se batizou? Eu respondo, não!

Pensei que apesar de diferenças, estas por sua vez não atrapalhavam a comunhão, pois o mais importante era estar inserido e aceitar os dogmas e ensinos fundamentais da fé e isso era visto dentro destas diferenças, se não guardassem os pilares, ai sim a denominação poderia ser vista com maus olhos, mas quais são estes dogmas?

São eles: A doutrina da trindade; 3 pessoas distintas que por sua vez formam a divindade, embora sejam 3, não são 3 Deuses, mas os 3 compartilham da mesma essência em total consonância e formam assim a divindade! Esta é a doutrina mais difícil ou uma das mais difíceis da cristandade e claro balizada pela igreja desde seu inicio, desde os seus primórdios, podendo ser vista em credos e ratificada em um dos concílios que surgiram com o passar dos tempos.

Salvação somente através da pessoa de Cristo, fora Dele não há como o homem se salvar e é pela fé, não pelas obras, fator este alavancado pela reforma protestante; sendo assim o catolicismo é considerado uma igreja apostata, por não aceitar este fator e  depositar  fé em outros intermediários, como por exemplo os santos e mesmo atribuindo a eles, pessoas que já morreram, capacidade de fazer e zelar pelos que ainda estão vivos, por isso é visto até como um ramo da cristandade ligado ao espiritismo!

Tudo o que eu conhecia de Hqs, passei a fazer o mesmo com as religiões, ou seja puro Hobby, nada mais que isso. A aparente união que via era uma falácia, movimentos como o pentecostalismo sentem-se mais “espirituais” do que os de linha reformada, por estes entenderem os dons carismáticos, de modo diferente e os reformados por sua vez se sentem mais sábios que os outros por entenderem que eles a muito largaram o pilar da sola scriptura,dando vazão a experiências e deixando de lado o estudo puro da bíblia!

Hoje noto que muitos dos que estão na liderança (sem generalizar), não acreditam no que pregam, usam a fé alheia simplesmente com finalidade de explorar o povo e a massa de ignorantes, vendas de livros e dvds, negando fatos científicos, com finalidade de satanizar a ciência e outros  vendendo cursinhos teológicos, fazendo do mesmo, como se fosse algo sem o qual o “crente”, não pode viver e nem mesmo entender a bíblia...sendo assim podemos inferir que a mesma só pode ser entendida  se a pessoa se tornar teólogo?

Vemos hoje vários programas com a proposta de responder as mais variadas perguntas dos ouvintes, prova disso é vista no meu outro BLOG, lá você pode ouvir de tudo desde as mais estranhas perguntas como, por exemplo, se a pessoa pode ou não escrever cartas para o GUGU, até as consideradas mais teológicas, por assim dizer. Logo percebo, sem sombras de duvida que MUITAS pessoas são manipuladas facilmente e deixam suas vidas serem moldadas por lideres religiosos, sem ao menos tentar buscar por si mesmas se as respostas e os conselhos são validos, lógicos ou ao menos não vão fazer que a pessoa sinta-se frustrada!

Por conta disso, faço a comparação de que o universo Marvel, ou mesmo qualquer outra mitologia serve como aprendizado, no entanto o mais saudável é permanecer no mundo real, embora a ficção sirva muito como entretenimento e até mesmo para passar uma lição, não devemos esquecer que misturar o factível com o "fictício", pode ser e fazer mal a sanidade!

Pensemos nisso!

Fonte do texto:


Canal do autor no YouTube

terça-feira, 17 de julho de 2012

Santa Lambança - Ninguém Entende.


Lei X Graça

Os evangélicos dizem que o Velho Testamento serve para mostrar a cultura 
do povo judeu, e o Novo Testamento é o que deve ser seguido como regra 
de fé e pratica.

Isso justifica bem o fato que não devemos agir como 
deus e como os judeus do VT, praticando genocídios, matando crianças, 
assassinando profetas de outras religiões, etc.

Deus agia de maneira 
diferente no VT.

(Eu pensava que Deus era imutável, o mesmo ontem hoje e 
eternamente. Mas isso e` uma outra historia).

Mas como sempre, quando lhes convém, os evangélicos usam a 'lei': um 
exemplo e` o DIZIMO. O dizimo e` uma ordenança do VT, que e` usada em 
todas as igrejas como LEI. Se você vive no tempo da graça, não existe a 
obrigatoriedade do pagamento do dizimo. Conheço gente que chega a vender um 
imóvel só para pagar "divida" com o dizimo.


Da mesma forma, a explicação para não se fazer imagens de escultura nem 
adora-las e` do VT. Portanto, no tempo da graça ja` não cabe mais a 
proibição do uso de imagens. Os católicos então tem toda a liberdade de 
usarem imagens em seus cultos, ja que no tempo da graça não esta` mais 
proibido fazer imagens.


Mas se você acredita que essas leis tem que ser observadas (dizimo e 
proibição de imagens), então vamos cumprir TODAS as leis do VT. Comece 
por matar aquele seu vizinho que trabalha no sétimo dia: Êxodo 35.2 Todo 
aquele que fizer qualquer trabalho no sétimo dia sera morto.


Fiquem com deus.



PS: Os incapazes de atacar um pensamento atacam o pensador. (Paul Valery)
Os tolos e os fanáticos estão sempre seguros de si, mas os sábios são 
cheios de dúvidas!!! (quem me dera um dia ser sábio. Ainda chego la`)


Achei este excelente texto no blog  http://apokkalyypse.blogspot.com.br/

Sugestão de um ótimo site para pesquisa sobre religião e afins:

http://www.espiritualismo.hostmach.com.br